sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Quase passado a limpo.

Deram o rascunho,
passariam por alinhamento
as folhas limpas,
que iria revestir.

Escureceram de café
as beiras,
aproveitou a cor,
conspirou outro enredo.
somassem.
dedicou-se a esquecer;
e ter por si
o que via;

acomodado ao lado
a lamparina
rabiscada uma escravinha, a cafeteira.

capturando as luzes
que refletem
no semblante,
o espaço. Retrato.
outras formas,
ora idênticas, ora desfoque.
nítido só ao ver
aos olhos, antes, o óculos
encorpando;
meias cinzas...
escondidas
pelo cobertor ..
enquanto o rascunho
prometido a outra folha
espera...
o pavio escurecia despercebidamente
o ambiente, paciente:
deixaria para escrever o rascunho em outro lugar.
apaguei-a antes que me limitasse. Deitei.

2 comentários: