segunda-feira, 11 de março de 2013

Desencontro dos cacoetes


As menções que a mente
realiza à Fuga
Despejam aos movimentos
que inspiram da beleza
a sutileza.

o ar que cadencia com a terra
o tom do fogo.

A água que ao inundar os olhos
rasos,
mililitros de lampejos
 iluminam
As cachoeiras
Dos sonhos.

E as letras transformam-se em sussurros:
palavras, sem equações ou vértice
perfuram os ouvidos
desprezando a destreza da alma que ouve.

Sorria
ao ser vista desnuda.
Presente do instante em que a emoção
Capacitava o dom
do invento contra o estático.








Nenhum comentário:

Postar um comentário