quarta-feira, 26 de junho de 2013

Sobrou da morte





a panfletagem...

Anunciavam

folhas secas

que estavam acima das árvores


quem olhava de baixo

ria com as folhas que levitam


de cima

largavam-se para o encontro

do rio que fazia a margem

dos olhos

ouvia-se o lacrimejar.


Chula.



Poesia Barata.


Por todo canto
poesia para os ratos

versos
enjaulados.
Viceras
estúpidamente
humanas.

4 comentários:

  1. versos...
    Poesias muito bem escritas.
    Imagens desenhadas a partir de letras.

    Muito bom!!

    ResponderExcluir
  2. versos ejaculados
    eu, vivo como um rato que gosta de poesias
    estúpido
    senti em minhas vísceras

    ResponderExcluir